Quem disse que em Portugal falta movimento aos videoclips? Nada disso. Os músicos portugueses também se têm aliado aos bailarinos. Prova disso são os videoclips que alguns deles têm apresentado. A dança tem sido a protagonista da música dos Buraka Som Sistema, Deolinda, Cuca Roseta ou Dead Combo

Ana BloomOh baby

ana bloom

Ana Bloom descreve-se como uma artista irreverente, que pretende seguir os seus ideais. Oh baby foi o seu primeiro single e foi feito com o intuito de causar impacto e para marcar a diferença, assim como o vídeo. Em janeiro de 2010, alguns bailarinos da academia All About Dance juntaram-se à cantora, tornando-se nos seus bailarinos oficiais. Vítor Fontes, diretor da companhia, Marco Ferreira e Marco da Silva são bailarinos neste vídeo de Ana Bloom. A improvisação marca alguns dos momentos.

Miguel Poveda e MarizaMeu fado meu

mariza_meufadomeu

Este videoclip é especial em todos os sentidos. Faz parte do filme de Carlos Saura de 2007, designado Fados, uma homenagem ao género musical português. Miguel Poveda é um cantor de flamenco nascido em Barcelona, em 1973. Já Mariza dispensa apresentações. Estes dois artistas de géneros distintos partilham a interpretação de Meu Fado Meu. Saura incorpora a dança no filme como elemento fundamental, pois pretende recuperar a tradição do fado dançado. Para isso aliou-se ao bailarino Pedro Goucha Gomes, também coreógrafo do filme.  Patrick de Vana e uma bailarina de flamenco protagonizam este momento do documentário musical.

Dead Combo – Lisboa Mulata

ng1660213

Lisboa Mulata retrata o lado mais africano que Lisboa tem. O tema foi gravado com uma guitarra de nome Mulata, e assim se cria Lisboa Mulata dos Dead Combo, formada por Tó Trips e Pedro Gonçalves. “Acho que este é um disco mais cru. Também tínhamos pensado um bocado em voltar às origens, às raízes”, afirmou Tó Trips a uma entrevista à TVI24. Os bailarinos do vídeo não são profissionais, mas são igualmente apaixonados pelos ritmos quentes como qualquer outro profissional.

Buraka Som SistemaVuvuzela

buraka-som-sistema-vuvuzela-carnaval-video

Gravado em agosto do ano passado, em Lisboa, este vídeo conta com a realização de João Pedro Moreira. O olhar criativo que acompanha sempre o grupo, já tinha dirigido o documentário Off the Beaten Track, que fala sobre a formação  da banda e o seu processo criativo. No vídeo, grupos de bailarinos mascarados juntam-se a uma festa única que a banda está a proporcionar, explodindo em movimentos de kuduro. Pedro Nuno é um dos bailarinos e pertence ao grupo Os De Bala School. Este é um grupo de dança fundado em finais de 2008 e atualmente pertence à zona do Laranjeiro (Margem Sul). O grupo é constituído apenas por dois elementos, Pedro e Miguel Graça, que dançam kuduro e afro-house.

Ala dos NamoradosÁguas Furtadas

unnamed

Águas Furtadas é o primeiro single do álbum Felicidade dos Ala dos Namorados. No videoclip da música, ao ritmo do piano e da voz de Nuno Guerreiro, Gustavo Oliveira Santos dança uma coreografia de contemporâneo. O bailarino (a quem o Espalha-Factos já deu destaque numa edição da rubrica Apsarases) nasceu no Brasil, onde descobriu a paixão pela dança, e mudou-se para Portugal aos 19 anos, para a então recém-fundada Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, a convite de Vasco Wellenkamp. Aqui, Gustavo conheceu a também bailarina Patrícia Henriques, seu par na dança e no casamento.

Cuca RosetaAmor Ladrão

2983a372-33ad-4e82-970f-0db699b568cf

Para além da própria Cuca Roseta, são seis os bailarinos que dançam em Amor Ladrão. Pedro Borralho é um deles. Conhecido por dançar e coreografar em programas de televisão como Dança Comigo (RTP), Achas que Sabes Dançar? (SIC) e Dança Com As Estrelas (TVI), Pedro já foi 11 vezes campeão nacional da Danças Standard e duas vezes Campeão Nacional de Danças Latinas. É ele quem faz par com Cuca Roseta, no final do videoclip. Mas antes, no início do vídeo, a ele junta-se Catarina Lima. A bailarina é licenciada em Ciências do Desporto, mas tem formação em jazz, hip-hop e contemporâneo. Este ano esteve entre os 20 finalistas do programa Achas Que Sabes Dançar?, na SIC. Participou ainda em programas como A Tua Cara Não Me É Estranha ou Factor X.

Filipe Rico é outro dos bailarinos. Frequentou a Escola Superior de Dança, foi coreógrafo na 2.ª edição do programa Achas Que Sabes Dançar? e também é professor. Omar Masabo, Ana Rita Santos e a bailarina Mariana Luís também dançam no videoclip. Mariana já tinha participado no vídeo da música The Buzzer dos portugueses Blind Charge.

DeolindaSeja Agora

deolinda-e86d

Seja Agora, do álbum Mundo Pequenino, dos Deolinda, saiu em 2013. No videoclip, oito bailarinos dançam contemporâneo, numa coreografia da autoria de Piny (Anaísa Lopes), que também dança no vídeo. A bailarina, coreógrafa e professora é licenciada em Dança pela Escola Superior de Dança e já não é a primeira vez que participa num videoclip. Piny participou em vídeos de outros artistas nacionais como Buraka Som Sistema e Sam the Kid. Em 2012 criou o coletivo Orchidaceae -Urban Fusion Belly Dance.

André Cabral é um dos bailarinos coreografados por Piny. André já tinha protagonizado o videoclip de Lotta Love da artista Da Chick, ao lado do irmão, o também bailarino Gonçalo Cabral. André é especializado em hip-hop e dança contemporânea. A ele junta-se Lúcia Afonso, do projeto Jazzy, Rui Rosa, Yolanda Rebelo, Leonor Ramos, Nuno Russo e Raquel Correia. Yolanda Rebelo frequentou a Escola Superior de Dança, durante dois anos. A bailarina tem formação em jazz, contemporâneo, ballet clássico, tango argentino, dança do ventre e flamenco, em diversos países. Para além de ser professora e de participar em inúmeros festivais de dança, Yolanda criou, em 2003, o Projecto YolandaDance. Já Leonor Ramos licenciou-se em Ciências do Desporto, em 2002. Um ano depois conclui o curso de Formação de Bailarinos (Fábrica do Hip Hop), tendo formação em danças urbanas em escolas e academias internacionais. Já participou noutros videoclips e foi uma das fundadoras do projecto Jazzy.

CarlãoOs Tais

hqdefault

Carlão (Carlos Nobre) lançou no início deste ano o álbum Quarenta. Os Tais é o nome do primeiro single. No vídeo, os bailarinos, professores e coreógrafos, Anita Sampaio e Bonifácio Aurio, dançam uma coreografia de kizomba. Os dois são professores na escola Dance Factory Studios, que Anita criou com Ricardo Ferreira, em Lisboa. Em entrevista ao site Mesa de Mistura, Carlão admitiu que o vídeo acaba por ser um auto-retrato: “Vamos dançando [Carlão e a mulher] todos os dias e por vezes também nos empurramos como no vídeo. E de vez em quando também dançamos – sou muita mau a dançar! No fundo, é combater a ideia de que os filhos são um problema quando na verdade te revitalizam“, disse.

Escrito por Beatriz Ferreira e Sara Bregieira