Ellsworth Humelsine é um ilustre professor aposentado. Quando os seus três filhos decidem fazer-lhe uma surpresa para festejar o seu octogésimo aniversário, são notificados do seu desaparecimento e descobrem que os seus “eclipses” já eram frequentes, embora por norma voltasse sempre nas 24 horas seguintes. Um outro residente da Big Bear Resthome for the Elderly informa-os acerca da “história de estrelas e de vida no universo”, cujo nome de código é Orchidea.

Cosey é um criador franco-belga de banda desenhada, mundialmente conhecido pela série Jonathan, publicada na Revista TinTin na década de 70 e 80. A one-shot Orchidea é, tal como todas as BD’s de Cosey, considerada literatura desenhada, embora haja quem não o considere um desenhador talentoso. A paleta de cores é baça, girando à volta de azuis, castanhos e amarelos, e há uma grande descrição visual, com cenários compostos. Mas, “em Orchidea, é a voz do coração que nos fala da existência”.

Virgil tem oito filhos e uma empregada que não dá conta do recado, Ruby é uma atriz com pouca sorte e Seymour um engatatão sem jeitinho. Ambos estão bem instalados na sua vida de adulto, mas apenas na aparência. Ao procurarem pelo seu pai desfiam sobre a vida uns dos outros, partilham problemas, recaídas e ataques de egocentrismo. Ao encontrarem Ellsworth percebem-no mais jovem e conhecem Orchidea, uma estrela especial. Tal como os três irmãos são as estrelas do professor. Uma história familiar, sobre a vida e as suas dádivas.

O argumento não é por aí além e as expetativas acabam por ser defraudadas, uma vez que a narrativa faz desconfiar sobre um final diferente. Esteticamente é apelativo e a história é, apesar de tudo, bonita. Recomenda-se com reservas e aconselha-se conhecer Cosey através de À Procura de Peter Pan, banda desenhada sobre “Melvin Z. Woodworth, um escritor britânico que vem procurar inspiração para o seu terceiro romance na aldeia de Ardolaz, nos Alpes valesianos, onde tinha estado seu meio-irmão, Dragan Z. Zmadjevic, um músico e compositor, que ali faleceu 10 anos antes. Uma viagem ao passado, pontuada por citações do Peter Pan de James M. Barrie, em que a paisagem da montanha, que Cosey retrata como ninguém, se assume como uma personagem de pleno direito”.

Nota: 5/10

Ficha Técnica

Título: Orchidea

Argumento: Cosey

Desenho: Cosey

Editora: Witloof

Páginas: 80

Preço: 16,91€