Em setembro, inauguram-se algumas temporadas e estreiam-se criações em todo o mundo. Para que fiques a par do que vai acontecer pelos palcos de outros países, o Espalha-Factos selecionou alguns espetáculos que se destacam no próximo mês. 

Pinocchio – Il grande musical,  Teatro della Luna (Itália)

Setembro começa com uma nova versão do musical Pinóquio. Designado como um espetáculo para toda a família, ficará em cena até dia 18 de outubro. O sucesso do musical em Itália e na digressão pelo mundo fez com que o espetáculo, estreado em 2003, surgisse de novo. Escrita por Saverio Marconi e Pierluigi Ronchetti e com música de Dodi Battaglia, Red Canzian e Roby Facchinetti, esta história é considerada um ícone da cultura italiana.

A Bela Adormecida, Teatro Real de Madrid (Espanha)

De 4 a 6 de setembro, o coreógrafo Nacho Duato volta a Espanha com a apresentação de A Bela Adormecida, no Teatro Real de MadridStaatsballet de Berlín, que Nacho Duato dirige desde 2014, será a companhia que subirá a palco. A peça tem música de Piotr Tchaikovsky e foi realizada pela primeira vez por Marius Petipa em São Petersburgo, em 1890.

detalle_1932

Ataulfo Alves — O bom crioulo, Teatro Dulcina (Brasil)

O musical sobre Ataulfo Alves estreia dia 4 de setembro. Wladimir Pinheiro encarna o compositor que deu ao samba uma nova roupagem. Nove atores e quatro músicos dão vida a um espetáculo dirigido por Luiz Antonio Pilar. Ao O Globo, o diretor explicou a importância do músico:Ataulfo vestiu o samba de gala, com sambistas de terno e uma sonoridade de orquestra.” Pilar acrescentou que uma das maiores missões de Alves foi chegar a um maior número de pessoas. Alexandre Elias, diretor musical da peça, também afirmou à O Globo: “Ele ajudou a consolidar o samba como a música das rádios, e assim o fez atingir toda a cidade.” O espetáculo fica em cena até 4 de outubro.

foto_-_ataulfo_alves_-_o_bom_criolo_-_credito_eric_paiva_-20-_

1984, West Yorkshire Playhouse (Inglaterra)

A estreia da versão da Northern Ballet de 1984, de George Orwell, está marcada para dia 5 de setembro. Coreografada por Jonathan Watkins, a peça conta com a interpretação de Martha Leebolt, como Julia, e Alex Baranowski, como Winston.

Numa entrevista ao The Independent, o coreógrafo revelou que leu o romance distópico quando tinha 14 ou 15 anos e que foi inspirador para todo o seu trabalho, a nível das “ideias sobre individualidade e ir contra o sistema e sobre como nós nos comportamos na presença de outras pessoas, o contrário quando estamos em privado”.

O ‘Big Brother’ dançado em ballet fará digressão a Nottingham, Manchester, Sheffield, Edimburgo, Milton Keynes, Southampton e Londres até maio de 2016.

Photograph 51Noël Coward Theatre (Inglaterra)

Nicole Kidman salta do grande ecrã e volta aos palcos londrinos. A atriz representa Rosalind Franklin, a biofísica britânica que teve um papel determinante na biologia molecular, pois concluiu que o ADN tinha uma forma helicoidal. A peça é escrita por Anna Ziegler e dirigida por Michael Grandage. Com estreia marcada para 5 de setembro, o espetáculo estará em cena até 21 de novembro.

Hans van Manen Live, Nationale Opera & Ballet (Holanda)

Hans van Manen é um dos coreógrafos mais emblemáticos que trabalharam com a Dutch National Ballet. Por isso, e no ano em que a Dutch Ballet Orchestra, que acompanha muitas vezes a companhia, faz 50 anos, surge Hans van Manen Live. Live, Metaforen, Twilight e Two Gold Variations são as quatro criações escolhidas para um espetáculo que estreia dia 12 de setembro.

New PiecesOpernhaus Wuppertal (Alemanha)

Para a abertura da temporada 2015/2016, a Tanztheater Wuppertal Pina Bausch convidou quatro coreógrafos para um espetáculo dividido em três partes. São eles: Tim Etchells, Cecilia Bengolea & François Chaignaud e Theo Clinkard. Os coreógrafos foram escolhidos por Alistair Spalding, diretor artístico do Sadler’s Wells Theatre, com quem a Tanztheater Wuppertal já colaborou, por Myriam De Clopper, diretor artístico do Singel em Antuérpia, e por Stefan Hilterhaus. A ideia é encontrar novos conceitos dentro do legado de Pina Bausch. A peça decorre entre 18 e 24 de setembro.

Festival Internacional de Teatro do Mindelo (Cabo Verde)

Pela 21.ª vez, Cabo Verde recebe o Festival Internacional de Teatro do Midelo, com peças de teatro de seis países, distribuídas em oito espaços. Além disso, vão existir ações de formação, teatro nas ruas de Mindelo e teatro de periferia, no Centro Social da Ribeira de Craquinha. O evento é inaugurado no dia 18 de setembro com a estreia de Inocência, do Centro Cultural Português (CCP), assim como uma homenagem ao poeta Corsino Fortes.

11893767_610278569110815_1962459409682430598_o

Twilight, Soni Village Sports Ground (Japão)

Numa interação entre o rural e o urbano, a Ishinha, companhia de teatro japonesa, estreia Twilight no dia 19 de setembro. A performance vai acontecer até dia 27 de setembro na localidade de Soni e nela vão estar presentes os conceitos de mapas, percursos e discurso idiomático, tudo numa questão sobre o espaço que ocupamos.  Matsumoto, diretor da Ishinha afirmou sobre Twilight: “Uma das razões pelas quais nós fazemos performances na rua é porque as histórias foram originadas nos locais, em vez de virem de textos clássicos como os de Shakespeare“.

p7-eglinton-twilight-a-20150826

Eclipsed , Joseph Papp Public Theater/ Luaesther Hall (EUA)

O The Public Theater em Nova Iorque recebe Lupita Nyong’o em Eclipsed. A peça de teatro escrita por Danai Gurira, em 2009, ocorre durante a Guerra Civil da Libéria. As noivas de um grupo de rebeldes juntam-se e formam uma comunidade, até que chega uma nova rapariga (Lupita Nyong’o) e surgem mudanças. Esta peça off Broadway é uma história sobre a sobrevivência nos momentos mais hostis da humanidade. A pré-estreia está marcada para 29 de setembro e a abertura oficial para 14 de outubro.

Screenshot 2015-07-31 08.19.40