O realizador norte-americano morreu ontem (30), durante a madrugada. Craven lutava contra um cancro no cérebro que lhe levou a vida aos 76 anos de idade. 

Wes Craven ficou conhecido pela sua carreia na indústria do terror. Em 1984 assegurou a franquia de Pesadelo em Elm Street, voltando a realizar O Novo Pesadelo de Freddy Krueger em 1994, continuando apenas a escrever para as restantas sequelas e adaptações a séries televisivas.

Não só ficou célebre por este grande clássico do terror como também por A Maldição dos Mortos-Vivos de 1988 e pelos famosos Gritos (1996-2011).

Apesar de ser maioritariamente conhecido pelos seus filmes de terror, também realizou dois fora do seu género de eleição. Em 1999 com Melodia do Coração, e em 2006, participando como um dos 22 realizadores da colaboração Paris, je t’aime.

Além do cinema, Craven ainda se aventurou pela banda desenhada, ao colaborar com Steve Niles na criação de Coming of Rage, que saiu em formato digital no ano transato, e que já tem a edição impressa agendada para outubro deste ano.

craven