Paul Thomas Anderson, realizador de renome, conhecido pelo seu trabalho em Magnolia (1999), Haverá Sangue (2007) e Vício Intrínseco (2014), vai realizar um documentário focado em Johny Greenwood, guitarrista dos Radiohead.

O documentário intitular-se-á Junjun e terá a sua estreia no Festival de Cinema de Nova Iorque de 2015, tendo cerca de 54 minutos de duração. Irá apresentar a viagem feita por Greenwood até ao estado de Rajastão, no noroeste da Índia, em 2014, com o objetivo de gravar um disco com Shye Ben Tzur e um grupo de músicos indianos. A jornada de Greenwood levou-o à fortaleza de Mehrangarth, tendo sido acompanhado durante toda a jornada por Anderson.

Em fevereiro deste ano, o guitarrista dos Radiohead disse numa entrevista para a The Guardian que a experiência de trabalhar com músicos indianos “tem sido incrível” e que “eles têm uma diferente energia e entusiasmo pela música”.

Paul Thomas Anderson e Johny Greenwood têm uma parceria de longa data, sendo que o segundo criou a banda sonora de três dos filmes do realizador (Haverá Sangue, The Master- O Mentor e Vício Intrínseco). Este projeto marcará assim outra situação em que os dois trabalham juntos, sendo que desta vez, a música de Greenwood será foco principal, em vez de servir apenas como suplemento do filme. Junjun também será o primeiro documentário realizado por Anderson, no entanto, o realizador já demonstrou ter experiência em diferentes setores cinematográficos, tendo realizado diversas curtas-metragens, e até mesmo videoclipes.

O site oficial do Festival afirma que o pequeno documentário “vive e respira música”, descrevendo-o como “um mosaico impressionista”, “pura magia” e “uma experiência única”.

O Festival de Cinema de Nova Iorque decorrerá entre 25 de setembro e 11 de outubro.