Manchester foi a primeira grande cidade visitada pelo #EF nesta aventura por terras de Sua Majestade. Mundialmente conhecida por um dos clubes de futebol mais populares do mundo – o Manchester United – e, mais recentemente, pelo novo rico Manchester City, a cidade pouco mais tem a oferecer aos seus visitantes.

Assim sendo, apenas o City Hall e o Royal Exchange Theatre e Catedral merecem a devida atenção, numa cidade vincada pela indústria e, muito à semelhança do restante Reino Unido, pelo tempo inconstante.

Por outro lado, e apenas a 56 quilómetros de Manchester encontra-se a cosmopolita cidade de Liverpool. Carregado pela mística de The Beatles, este aglomerado portuário muito tem para oferecer aos turistas, seja relacionado com o fenómeno musical dos anos setenta ou não.

Começando pela banda de John Lennon e companhia, The Cavern Club é visita obrigatória. Localizado na rua Mathew Street, 4 libras separam os turistas do histórico bar, que viu The Beatles atuar mais do que 200 vezes. O espaço subterrâneo, o calor humano e abafado, a decoração, o som dos concertos diários e o cheiro característico fazem de The Cavern Club um espaço único no mundo.

Liverpool conta também com uma altamente desenvolvida zona comercial, composta de grandes avenidas preenchidas pelas melhores marcas. Para completar, a Zone One Liverpool concentra as restantes lojas num espaço exclusivamente dedicado ao comércio. Já a zona portuária oferece uma panóplia de espaços de restauração e lazer, com vista para algumas embarcações atracadas num outrora porto de grandes navios.

Em suma, e não existindo tempo para visitar outras grandes cidades no norte, como Leeds, Liverpool acaba por ser a grande atração turista acima de Londres. Acompanha as nossas viagens através da hashtag #Efervescente.