Dois, de Carmén Mesa, estará no Teatro Turim a 4 e 5 de setembro às 21h30. Este é um espetáculo encenado por André Sobral sobre o amor, o tempo, a vida e o seu propósito, que conta com a interpretação da autora e de Pedro Baptista.

O espetáculo Dois conta a história de um homem e de uma mulher que, numa atmosfera doméstica, “vivem num auto interrogatório sobre o que é existir e para que se existe nesta selva brutal que é viver”, como se lê na sinopse. Uma reflexão sobre a vida, que nos enternece pela cumplicidade e nos faz rir pelos desencontros. Aquando da sua estreia, a 5 de março deste ano, o Espalha-Factos teve a oportunidade de presenciar os 14 dias na vida deste casal “fora da pauta”, testemunhando a rotina de dois seres demasiado conscientes do mundo para não se entristecerem com ele. É possível ler a crítica à peça aqui.

“- É como naquele quadro do Salvador Dalí.
– O que é que é como naquele quadro do Salvador Dalí?
– O tempo morre.
– O tempo não morre.
– O tempo esgota-se.
– O tempo não se esgota. As pessoas é que se esgotam no tempo.”

Dois de Cármen Mesa

Sexta e sábado (4 e 5), às 21h30, no Teatro Turim, com um preço único de 5 euros. Dois tem uma duração de 1h20m, sem intervalo, e promete “uma carga emocional prestes a irromper a qualquer momento”.