J.K. Rowling, autora da saga Harry Potter, está a inspirar o Twitter com as suas palavras de resposta a uma jovem escritora egípcia, que declarou não ser levada a sério no seu país por não ser um rapaz.

A conversa, hoje citada pelo Mashable, mostra @Hagar_ElSaeed a apontar Rowling como a sua inspiração para a escrita, mas admitindo a frustração porque “no Egipto, as raparigas não podem fazer nada livremente, como os rapazes. Eles riem-se de mim quando digo que sou uma escritora“. A autora britânica encorajou a sua colega iniciante, dizendo-lhe que não deixe que as gargalhadas deles extingam a ambição – “transforma-as em combustível“.

Estas mensagens acabaram por gerar uma simpática onda de retweets e respostas solidárias, naquele que já tem sido um movimento habitual. J. K. Rowling é normalmente bastante entusiástica na resposta aos seus fãs e no incentivo que faz a que eles sigam os seus sonhos e ambições.