Vila do Conde estreia a 20 de agosto a peça de teatro de rua Um Porto para Mundo. A peça histórica documenta a evolução das atividades marítimas na localidade. Os ensaios estão a decorrer num armazém da autarquia e conta com 250 atores amadores e profissionais. 

O objetivo desta iniciativa é manter viva a memória e identidade de Vila do Conde nos temas relacionados com a construção naval, navegação e pesca.

Elisa Ferraz, Presidente da Câmara Municipal de Vila do Conde, em declarações à Lusa, referiu que: “Com este enorme teatro vamos trazer de uma maneira lúdica, mas com verdade científica, a identidade de Vila do Conde e sua aproximação com o rio e com o mar.” A Presidente ainda acrescentou que Portugal nunca conheceu um espetáculo com esta dimensão e garantiu a sua continuidade no futuro.

O espetáculo assume-se como teatro musical de rua, numa parceria entre a Câmara Municipal de Vila do Conde e a companhia de teatro Lafontana – Formas Animadas. A peça será repetida de 21 a 23 de agosto, sempre em frente à Nau Quinhentista, junto à Alfandega Régia de Vila do Conde.