Aos 40 anos, Ryan Adams conta na sua discografia com 14 álbuns editados… mas não se fica por aqui. Esta semana, o irreverente cantautor norte-americano anunciou que está a preparar um álbum de covers de 1989, o trabalho de estúdio editado por Taylor Swift em outubro de 2014, que correu as bocas do mundo nos primeiros dias, tendo vendido cerca de 1,3 milhões de cópias.

A notícia é surpreendente, sim, mas nem por isso única no universo de Adams que, ao longo da sua carreira, sempre procurou alastrar a sua atividade a outras funções que não a escrita de músicas próprias. Recentemente, o autor de êxitos como Come Pick Me Up, Oh My Sweet Caroline, To Be Young e, mais recentemente, Gimme Something Good, produziu o novo álbum dos Fall Out Boy, gravou uma música punk (1984) e escreveu e desenhou uma série de livros de banda desenhada.

Voltando ao cover album de 1989, o anúncio foi feito por Ryan Adams na sua conta do Twitter na madrugada desta quinta-feira e, desde então, o músico já partilhou várias fotografias e até um vídeo das sessões de ensaio. Mas há mais: como indica o próprio, os covers vão ser “ao estilo dos The Smiths. A resposta de Taylor Swift, claro, não tardou e não poderia ser mais entusiasta:

Apesar de ainda não ter sido anunciada qualquer data para a divulgação de todo o trabalho, é expectável que não tarde a ser conhecido, isto a julgar pelo empenho de Adams, que nas últimas horas tem partilhado várias fotografias dos ensaios na sua conta no Instagram.