O projeto Exile Voices, em português Vozes do Exílio, retrata a vida no campo de refugiados Kawergosk, no Iraque. O fotógrafo Reza Nomade ofereceu máquinas fotográficas a jovens com idades compreendidas entre os 11 e os 15 anos para que estes documentassem o seu dia a dia.

O fotografo procurou, através destas imagens, que as crianças e os adolescentes registassem o que é ter uma infância marcada pela guerra, uma realidade desconhecida para muitas crianças e até mesmo adultos. O projeto acabou por se tornar numa parceria entre Reza Nomade e a Agência das Nações Unidas para os Refugiados.

Este campo de refugiados, que tinha previsto abrigar 6 mil pessoas, já alcançou uma ocupação de 10 mil. Através destas fotografias é percetível a atitude destes jovens que, apesar de terem perdido tudo, continuam a procurar momentos de felicidade.