Mensalmente, o Espalha-Factos irá dar destaque um autor. Numa rubrica intitulada ‘Autor do Mês’, serão publicados artigos relacionados com o escritor escolhido. Neste mês quente de verão resolvemos apresentar-te a uma das mais conhecidas e aclamadas escritoras da literatura britânica: é em Jane Austen que nos vamos debruçar neste mês.

Jane nasceu a 16 de dezembro de 1775, sendo a sétima filha no seio de uma família provinciana em Steventon no Hampshire. Jane e a sua irmã Cassandra eram as únicas irmãs rodeadas de seis irmãos rapazes. O pai,  era um sacerdote e viveu a maior parte da sua vida nessa área, embora em 1801 a família de Austen se tenha mudado para Bath (uma cidade bastante referida e aludida nas obras da autora).

Antes dessa mudança, a autora passou e viveu por Southampton em 1783 e ainda por Reading, entre 1785 e 1786. Noentanto, Jane viveu a maioria dos primeiros vinte e cinco anos da sua vida na Reitoria em Steventon. A partir dessa idade Jane residiu em Kent com o um irmão, na sua mansão em Godmersham Park, perto de Canterbury, e ainda passou alguns períodos curtos em Bath, antes de se mudar de vez para lá. Ironicamente, a escritora não apreciava muito esta cidade.

jane-austen-chawton_981505c

O museu “Jane Austen’s House Museum”, está aberto ao público das 10h00 às 17h00, em Hampshire.

Após a morte do seu pai em 1805, a escritora, na companhia da sua mãe e irmã, mudou-se para Chawtton, Hampshire, numa pequena cabana que lhes foi cedida por um dos seus irmãos. Essa mesma casa, hoje em dia, é um museu dedicado à sua vida e obra, tendo em conta que foi aí que a autora escreveu muitas das suas histórias.

O seu primeiro livro, escrito aos 17 anos de idade, foi Lady Susan (publicado em 1871). Contudo o seu primeiro romance, Orgulho e Preconceito (terminado em 1797), hoje considerada uma das suas obras mais conhecidas e aclamadas, foi rejeitado e mal-visto por muitos editores sendo apenas publicado em 1813. O seu título original era First Impressions.

Além desta obras, a autora ainda escreveu Sensibilidade e Bom Senso (primeiro livro a ser publicado em 1811), Mansfield Park (1814), Emma (1816). Duas obras publicadas após a morte da escritora foram Northanger Abbey (1817) e Persuasão (1818, último livro terminado pela escritora). A sua escrita, considerada “perfeita” por várias pessoas, é ainda considerada como um estilo único que continha mensagens instrutivas que apelavam ao bom comportamento. Existem ainda algumas críticas à sociedade em que viveu, sendo o uso da ironia um dos marcos que polvilha as suas histórias.

Antes da sua morte Jane Austen ainda morou em Southampton em 1806 e em Chawton em 1809. Foi em 1816 que a escritora adoeceu, possivelmente com a Doença de Addison (uma condição rara) e a partir daí começou a demonstrar sinais frequentes de cansaço, enjoos e fraqueza, tendo de desistir de Sanditon, obra que nunca chegou a acabar.

plaque

Um ano depois morreu a 18 de julho, nos braços da sua irmã, com apenas 41 anos de idade. As suas últimas palavras foram “Nada quero mais do que a morte”. Nunca casou e a sua herança ficou para Cassandra. Foi sepultada na ala norte da Catedral de Winchester, deixando um legado reconhecido e apreciado por milhares, assim como várias adaptações das suas histórias, algumas das quais pela BBC e por Hollywood.