A produtora vitívinicola portuguesa Sogrape eleita a melhor do mundo em 2015 pela World Association of Writers and Journalists of Wines and Spirits (Associação Mundial de Críticos e Jornalistas de Vinhos e Bebidas Espirituosas).


O prémio foi atribuído em função de critérios de análise muito rigorosos. Segundo a associação, os prémios conquistados ao longo do ano em várias competições internacionais foram de extrema importância para a atribuição deste prémio.

Tendo participado em 10 dos 75 concursos da especialidade, a Sogrape conseguiu arrecadar quase 131 prémios, e contou com quase 3.000 pontos atribuídos pela Associação. Desta forma, colocou-se em primeiro lugar deste ranking seguida pela norte-americana Ernest e Julio Gallo Family e a francesa Vranken Pommery Monopole Heidsieck (2º e 3º lugares, respectivamente).

A Sogrape, fundada em 1942, é a detentora de marcas como Mateus Rosé, Gazela, Sandeman e Casa Ferreirinha e ao todo possui quase 830 hectares de vinha em Portugal.