Todos os anos, as caras da TVI marcam presença na festa de verão. Este ano, a festa anual mudou-se para o Estoril e lá se estendeu a passadeira vermelha. Foi no passado sábado, dia 18 de julho, que as celebridades usaram o seu melhor ou pior look para desfilarem ao longo dos metros de passadeira. Foi nela que o Espalha-Factos teve os seus olhos postos para agora te deixar a par de tudo.

É notável a grande quantidade de looks pretos e brancos, de tal forma, que no seu conjunto se assemelharam a um largo código de barras. Colocados frente a frente, é a equipa branca que ganha esta partida, ora não tivesse a tática de bons jogadores como Jessica Athayde, Helena Isabel e Ana Sofia Cardoso. Em várias silhuetas, de uma forma ou de outra destacaram-se, claramente, dos restantes. Já a equipa preta parece ter mandado fazer o seu equipamento à mesma costureira, que achou por bem usar o mesmo tecido em todos.

Porém, outras equipas entraram em jogo. Temos a que procurou inspiração no exterior dirigida por Cristina Ferreira, que trouxe ainda atrás de si pedaços da Tailândia. Yolanda Lobo encontrou, claramente, inspiração em territórios indianos, assim como Leonor Seixas o fez em africanos. Já Rita Pereira foi diretamente à casa da família Kardashian, nos Estados Unidos da América.

Mas houve quem tivesse jogado por si próprio e quer positiva ou negativamente, de alguma maneira, se destacou. Sara Prata fez jus ao seu nome e encorpou um macacão prateado que combinou na perfeição com os seus cabelos arruivados. Sandra Faleiro voltou a 2013 e de lá trouxe o foleiro peplum com brilhantes de fazer doer os olhos. Sofia Ribeiro aproveitou-se do seu bronze para usar um vestido amarelo, que conjugou com um enorme colar turquesa. Contudo, foi Suzana Borges quem perdeu a partida ao pisar a passadeira vermelha com um ar desleixado, surpreendendo quem tinha dela uma imagem de mulher elegante.