O ator britânico Ewan McGregor afirmou, em declarações à imprensa no festival de cinema de Edimburgo, que estaria pronto para entrar na sequela de Trainspotting, um filme de culto dos anos 90.

Apesar dos rumores referentes à participação de McGregor no filme, era também do conhecimento público que o realizador de Trainspotting (Danny Boyle) e o ator britânico tinham tido problemas por resolver do seu passado. Estes apontam para um certo ressentimento de Ewan McGregor em não ter protagonizado o filme de 2000 de Boyle, A Praia.

Porém, as possíveis desavenças parecem estar resolvidas. “Tenho saudades de trabalhar com o Danny. Houve algum mal estar, mas já passou. Penso que seria extraordinário ver uma sequela 20 anos depois do original“, declarou o ator após manifestar o seu completo interesse em fazer parte de um possível projeto.

A sequela de Trainspotting deverá basear-se no livro Porn de Irvine Welsh, que trata dos acontecimentos que sucedem os da película original, acompanhando a vida dos personagens principais dez anos após os eventos de Trainspotting.

Já em abril, tinha sido o próprio Irvine Welsh a demosntrar o seu interesse em desenvolver uma adaptação de Porn , afirmando que “Estamos [Welsh, Boyle e o argumentista J] todos com vontade que aconteça, mas só nas circunstâncias certas”.