A Livraria Lello,  considerada como um dos mais bonitos edifícios do Porto, vai passar a cobrar um valor de entrada de 3 euros já a partir do próximo dia 23 de julho.

Desde que foi considerada uma das mais belas do mundo, por jornais como o Guardian, que a colocou em terceiro lugar em 2008, e a revista Times, que este ano a destacou como a livraria mais “cool” do mundo, a Livraria Lello recebe milhares de visitantes diariamente, tendo-se tornado um ponto de visita obrigatória na cidade invicta. A enorme afluência de turistas levou a gerência a tomar uma medida na tentativa de controlar a entrada de cerca de 4000 visitantes diários, que apenas querem admirar o edifício e tirar fotografias, dificultando a escolha e compra de um livro por parte dos clientes habituais.

Assim, passarão a existir 2 filas à entrada do edifício que serviu de inspiração para as escadas de Hogwarts, uma para os visitantes, que pagarão 3 euros, e outra para os portadores de um cartão cliente, que funciona como uma “via verde”, válido durante um ano e com um custo de 10 euros. Em ambos os casos o valor é dedutível na compra de um livro.

Um dos proprietários, José Manuel Lello, justifica esta ação como uma tentativa de “criar a sensação e o conforto de uma livraria. Não é só tirar uma selfie e ir embora”. Confrontado com o facto de poder existir um cliente ocasional que pretende apenas procurar um livro e para isso tem de pagar entrada, José diz que este pode sempre ligar previamente para a livraria, consultar a página da Internet ou dirigir-se ao “centro de acolhimento” que fica do outro lado da rua.

As entradas podem ser adquiridas na Internet ou no “centro de acolhimento”.