O lendário realizador Hayao Miyazaki vai sair da “reforma” para apresentar uma nova curta-metragem em 3D.

O co-fundador dos Estúdios Ghibli, que tinha anunciado a sua retirada da realização de longas-metragens em 2013, terá estado a desenvolver esta obra de 10 minutos nos últimos 3 anos. Esta será a primeira vez que o realizador japonês fará um filme com recurso a imagens animadas por computadores, assim como da tecnologia 3D.

O filme, ainda sem nome, centrar-se-á na história de uma lagarta e ainda não tem data de lançamento prevista.