A 8.ª edição do festival Folk Celta regressa a Ponte da Barca, Viana do Castelo, nos dias 24 e 25 de julho. Com dois palcos e dezenas de artistas, o Folk Celta conta com dois dias de muita música, dança e festa com alguns dos melhores nomes do folk. O Espalha-Factos dá-te a conhecer o cartaz completo.

Fãs de folk, não façam planos para os dias 24 e 25 de julho: vem aí mais uma edição do Folk Celta, na Praça Terras da Nóbrega, em Ponte da Barca (Viana do Castelo, para os mais distraídos) e tanto as margens do Rio Lima como o cartaz prometem não desiludir. Os mais de dez artistas confirmados estão divididos por dois palcos: o Palco Sommersby, principal do evento, e o Palco Bricelta.

O Palco Sommersby recebe, no dia 24 de julho, o multi-instrumentista e compositor Júlio Pereira, que conta já com 20 discos ao longo da carreira, o galego Anxo Lorenzo e o seu estilo tipicamente folk e ainda os Sampladélicos, projeto de Tiago Pereira e Sílvio Rosado. No dia 25 de julho, é a vez dos açorianos Myrica Faya, dos escoceses Mànran e dos bem portugueses Diabo na Cruz pisarem e brilharem no Palco Sommersby.

Também no primeiro dia do festival, o Palco Bricelta recebe o duo brasileiro Olam Ein Sof com o seu neofolk/medieval e os festivos Karrossel; para fechar o dia, o Palco Bricelta conta com A Barca dos Castiços, que trazem consigo elementos do jazz e do pop-rock. No dia 25 de Julho, a noite começa com os viseenses Tranglomango e a sua junção de rock clássico com um acordeão, seguindo-se os espanhóis The Pet Pippers Project que trazem o folk galego, escocês e irlandês, com um bocadinho de rock à mistura.

Ainda no recinto do festival, o Folk Celta conta ainda com uma área de restauração onde os fãs podem matar a fome com alguma da gastronomia da região. Os bilhetes estão à venda no Posto de Turismo da Ponte da Barca, nos locais habituais através da Ticketline e podem também ser reservados no Facebook oficial do festival. A abertura das portas está marcada para as 21h00 e o início dos concertos para as 21h30.