Chama-se Bend e andava a fazer “comichão” ao australiano. Tudo porque era suposto ter sido parte do álbum Built On Glass.

De acordo com uma entrevista dada à rádio australiana Triple J, esta Bend funciona como uma espécie de lado B do último álbum de Chet Faker. Nas palavras do artista, Bend “fazia parte do álbum até ao último mês [antes do lançamento]. Acabou por ser substituída pela To Me.” 

A razão para lançá-la agora? “Estava parada no iTunes a olhar para mim. Normalmente, quando corto uma canção, depois de uns meses olho para ela com «boa, esta canção está morta» Mas esta estava a irritar-me… Ou era nunca lançar, ou lançá-la agora, com esta tour.”

Para além da digressão europeia – que conta com duas datas em Lisboa (uma delas esgotada) -, Chet anunciou também uma nova tour australiana.

Podes ouvi-la aqui: