No mês de maio recordamos 5 discos que ficaram na história da música da década e que ultrapassam barreiras de géneros: NiN, Spoon, Gorillaz, Common e Smog.

Nine Inch Nails – In Teeth (Interscope Records)

O primeiro disco gravado por Trent Reznor saudável, depois de ter enfrentado vários tratamentos, e com a colaboração de Dave Grohl na bateria. In Teeth volta a revelar o génio criativo e prolífico, ainda que assombrado, de Reznor.

http://www.youtube.com/watch?v=mDsqpeiTqg8

Para ouvir também: Right Where It Belongs, The Hand That Feeds

Spoon – Gimme Fiction (Merge Records)

Os texanos Spoon – que ainda recentemente nos deram o brilhante They Want My Soul –  sempre criaram discos interessantes que não lhes retiram o rótulo de banda indie. Gimme Fiction tem sido considerado um dos melhores discos da década e alcançou inclusivamente o nº 1 na tabela Billboard.

http://www.youtube.com/watch?v=ro95Ns58qSE

Para ouvir também: Sister Jack, Was it You?

Gorillaz – Demon Days (Parlophone)

Ao segundo disco de originais o projeto Gorillaz entrou diretamente para o top de vendas do Reino Unido e venceu um Grammy. Com uma mão cheia de importantes colaborações – De La Soul, Neneh Cherry ou Roots Manuva, por exemplo – voltou a ser uma pedrada no charco das produções musicais da década e uma das referências incontornáveis da mesma.

http://www.youtube.com/watch?v=H8Qp38qT-xI

Para ouvir também: DARE, Dirty Harry

Common – Be (GOOD)

O aclamado disco do rapper Common (e que o catapultou para o público mais generalizado e que temos visto também no cinema) teve a mão de Kanye West e brilhou com os inúmeros samples utilizados nas suas onze faixas. Foi um dos discos do ano para muitas publicações da especialidade.

http://www.youtube.com/watch?v=6mnKNr2Tiq8

Para ouvir também: Go, Testify

SmogA River Ain’t Too Much to Love (Domino Records)

O 11º disco e último da lavra de Bill Callahan sob o nome Smog, conta com a presença da harpista e pianista Joanna Newsom (sua namorada na altura). Foi um dos discos mais aclamados na cena indie no ano de 2005 e destacou-se ainda pela presença da atriz Cloe Sevigny em dois dos seus videoclips.


Para ouvir também: Rock Bottom Riser, In the Pines