No Espalha-Factos, continuamos a destacar a melhor performance televisiva da semana. Hoje a destacada é Emily Deschanel, da série Bones.

Desde a primeira temporada que os fãs de Temperance Brennan (Bones para os companheiros mais chegados) se habituaram a ver uma cientista lógica, sem humor nem compreensão do sarcasmo ou de aspetos mais básicos da cultura popular. A antropóloga forense mais conhecida da televisão está, no entanto, a amolecer cada vez mais com a sua filha Christine e o marido Seeley Booth (protagonizado pelo ator David Boreanaz).

Esta semana, no episódio The Big Beef at the Royal Diner, vimos Temperance a compor um rap infantil “anatomicamente correto”, para que a sua filha pudesse cantar e aprender ao mesmo tempo. Muito embora os fãs veteranos da série pudessem ficar hesitantes com o resultado, a verdade é que acabamos com uma cena enternecedora entre mãe, pai e filha a cantar. Assim, Deschanel continua a desenvolver a personagem que mais dá a cara pela série, transformando-a cada vez mais numa pessoa carinhosa e preocupada – numa verdadeira mãe.

Esta evolução chega a par e passo com a gravidez do segundo filho de Bones e Booth, e com uma recaída recente de Booth no seu vício de jogo, que nem Temperance nem os seus amigos descobriram ainda.

bones and christine