Os últimos episódios e as últimas notícias já vinham a preparar-nos para o sucedido, mas o episódio transmitido ontem nos EUA trouxe a confirmação de todas as dúvidas. Patrick Dempsey abandona o elenco de Anatomia de Grey depois de 11 temporadas na pele de Derek Shepard. E fica o aviso: quem não quiser saber como isso acontece, é melhor não continuar a ler.

A mais recente temporada não tem sido fácil para um dos protagonistas do drama médico. Entre a família e o Grey + Sloan Memorial Hospital em Seattle e o projeto para o presidente em Washington, a realidade é que Derek Shepard pouco nos tem feito companhia nestes episódios. A vontade já há muito manifestada pelo ator em dedicar-se a outros projetos, assim como a relação atribulada com a criadora da série, Shonda Rhimes, resultaram num afastamento gradual de Patrick Dempsey da história e, agora, num afastamento definitivo.

Em How to save a life, episódio transmitido ontem nos EUA, Derek morre depois de um atropelamento. Transportado até ao hospital de Seattle, acaba por ser declarada morte cerebral e Meredith decide desligar as máquinas que o mantêm vivo.

Depois da transmissão do episódio, Shonda Rhimes deixou uma declaração no Twitter sobre o adeus da personagem. “Nunca imaginei dizer adeus ao nosso McDreamy. A sua perda será sentida por todos. Agora, Meredith e toda a família de Anatomia de Grey estão prestes a entrar num novo capítulo das suas vidas. As possibilidades que estão para vir são infinitas. Como Ellis Grey diria: ‘o carrossel nunca para de girar’”.