Ana Vicente, escritora, investigadora e defensora dos direitos das mulheres morreu no passado domingo com 72 anos.

Segundo a agência Lusa, Ana Vicente faleceu em casa (Estoril) vítima de cancro, acompanhada pela família. Licenciada em Letras pela Universidade de Lisboa, a escritora nasceu em 1943.

Presidiu entre 1992 e 1996 à Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres, onde trabalhou, sendo autora de múltiplos livros sobre questões de gênero (entre eles As Mulheres em Portugal na Transição do Milénio, em 1998).

Era, ainda, autora de livros de História, biografias, e obras de literatura infantil.