São portugueses internacionalmente reconhecidos e estão para a representação como o Cristiano Ronaldo está para o futebol. São daqueles casos em que poderíamos escrever “dispensam apresentações”, mas preferimos apresentá-los, um por um, num artigo de orgulho nacional. No mês de estreia da série The Messengers, que conta com a participação de um português conhecido nos quatro cantos do mundo, o Espalha-Factos junta atores com uma característica em comum: sucesso internacional.

  • Diogo Morgado                                                        

Começou a carreira televisiva com apenas 17 anos, na RTP, com a telenovela Terra Mãe. Em 2000, a participação no telefilme Amo-te Teresa (SIC) catapultou-o para a fama. Desde então foi presença assídua nas telenovelas da estação, entre elas Vingança e Sol de inverno.

Desengane-se quem pense que só de telenovelas se preenche a carreira deste ator. Ao longo dos anos integrou o elenco de várias peças de teatro, entre elas a Grande Revista à Portuguesa. Na SIC, participou nas séries de humor Malucos do Riso e Aqui não há quem viva e protagonizou A Vida Privada de Salazar.

Em 2013, já considerado um dos atores mais prestigiados da sua geração em Portugal, revelou-se ao mundo no papel de Jesus, na minissérie A Bíblia. Recolheu aplausos das mais ilustres personalidades, recebeu o título de “hot Jesus”, foi pré nomeado para o Emmy de melhor ator numa minissérie e tornou-se o primeiro português a ser entrevistado no programa Oprah. A apresentadora, uma das mulheres mais influentes do mundo, não lhe poupou elogios. A série foi um sucesso nos EUA, batendo todos os recordes de audiências dos canais por cabo americanos até então.

ef-diogo-morgado-1

No mesmo ano integrou o elenco da terceira temporada da série americana Revenge, na qual gravou uma participação especial. Em 2014 voltou a fazer furor lá fora no papel de Jesus, mas desta vez no grande ecrã, no filme The Son of God.

Este mês, dia 17 nos Estado Unidos e dia 28 em Portugal, todos os fãs de Diogo Morgado estarão de olhos postos na televisão, à espera de ver o mais recente trabalho do ator, que integra agora o elenco da série The Messengers.

ef-diogo-morgado-3

  • Daniela Ruah

Quem a viu dar os primeiros passos na telenovela Jardins Proibidos, não imaginaria que se tornaria numa estrela de Hollywood. Depois de interpretar Sara na primeira telenovela portuguesa a bater as brasileiras da Globo, deu corpo e voz a outras personagens em telenovelas como Filha do MarDei-te Quase Tudo e Tu e Eu, bem como em séries como o Inspetor Max e Casos da Vida.

ef-daniela-ruah

Estudou dois anos na London Metropolitan University e poucos anos mais tarde partiu rumo a Nova Iorque para estudar no Lee Strasberg Theatre and Film Institute.

A viver nos Estados Unidos desde 2007, conseguiu conquistar George Lucas – realizador de Indiana Jones e Guerra das Estrelas – e foi escolhida para o papel de uma italiana sedutora em Red Tails. O passo seguinte catapultou-a para as luzes da ribalta: foi selecionada para ser coprotagonista da série NCIS – Los Angeles, onde veste a pele da agente Kensi Blye, contracenado com atores como Chris O’DonnellLL Cool J e Linda Hunt.

NLA-epi203-0013i_bis-700x466

Em 2010, venceu o Globo de Ouro em Portugal na categoria revelação do ano e foi nomeada na categoria atriz de televisão de ação nos Teen Choice Awards. Em 2011 esteve pré nomeada na mesma categoria dos Emmy Awards.

Neste momento, a atriz portuguesa trabalha para a cadeia televisiva CBS, com a qual assinou um contrato de sete anos. Exemplo máximo de uma mulher de sucesso, Daniela Ruah revelou em entrevista que “aos 16 anos o sonho era acabar o liceu, ir estudar para Londres, ir para Nova Iorque, ir para Hollywood e ganhar um Óscar (…) já está tudo feito, agora espero que seja uma questão de tempo”. E nós cá estaremos para espalhar a notícia!

 

  • Pêpê Rapazote

Licenciou-se em arquitetura, mas enveredou pela representação através da Sociedade de Instrução Guilherme Cossoul, onde fez teatro amador e iniciou a sua formação sob a direção do encenador e ator José Boavida. Em 2000 estreou-se como profissional na peça O Segredo do Teu Corpo de Manuel Halpern.

Pêpê Rapazote é presença assídua em telenovelas telefilmes e séries de humor nacionais, de onde se destacam os papéis de protagonista em Jura (SIC), Pai à Força (RTP) e Bem-Vindos a Beirais (RTP).

ef-pepe-rapazote-1

Em 2013, conseguiu alcançar um objetivo que persegue há vários anos – trabalhar no mercado internacional, nomeadamente no americano – e participou em dois dos episódios da série Shameless. No ano seguinte o desafio foi ainda maior, já que foi convidado a integrar a última temporada de Boardwalk Empire. Contudo, o ator português teve de abdicar deste projeto por questões administrativas.

ef-pepe-rapazote-2

Mas o talento nacional no mundo da representação é demasiado vasto para ser enaltecido de uma só vez. Por isso, durante os próximos dias, o Espalha-Factos dá-te a conhecer os nomes que representam o país lá fora e enchem de orgulho quem os viu dar os primeiros passos. Fica atento!