O mundo acabou de perder o seu mais velho realizador em atividade. Manoel de Oliveira morreu esta manhã, aos 106 anos de idade. 

O cineasta faleceu em sua casa, vítima de paragem cardíaca. Cumpriu aquele que nunca escondeu ser o seu maior desejo, “morrer a fazer filmes“. Ainda no ano passado lançou a sua última curta-metragem, intitulada O Velho do Restelo.

[em atualização]