Aurlandsfjord

(A) Dias na Noruega: Aurlandsjford – de cortar a respiração

Primeiro que tudo: o que são fjords?

Fjords são prolongamentos estreitos e profundos do mar que se formaram devido à fusão do gelo, nas idades glaciais, inundando íngremes vales. Nesta época, grandes mantos de gelo avançavam sobre regiões mais quentes, arrastando o que encontravam pela frente. É a chamada erosão glacial. Com o aumento da temperatura da Terra, este gelo derreteu, aumentando o nível da água do mar e alagando vales rochosos, criando um cenário montanhoso bastante dramático.

A palavra fjord é, curiosamente, das únicas palavras norueguesas que se tornou internacional, especialmente no inglês, em que é usada directamente. Significa algo como “porto seguro”.

Rodeadas por montanhas erodidas, vales verdes no Verão e muita neve no Inverno, estas formações estão presentes em todo o território norueguês. Sognefjord (204 km) e Hardangerfjord (179 km) são, respectivamente, a segunda e terceira maiores fjords do Mundo, consideradas Património Mundial da Humanidade pela UNESCO.

E foi um dos braços da Sognefjord que andei a explorar, a Aurlandsfjord. Com “apenas” 17 km de extensão, esta fjord está rodeada, maioritariamente, por montanhas escarpadas até 1800 metros de altitude. Alcança uma profundidade máxima de 962m abaixo do nível do mar, e tem uma largura nunca superior a 2 km. Ao longo desta fjord encontram-se pequenas aldeias piscatórias como Flåm, Aurlandsvangen e Undredal.

Explicações à parte, viajar pela região das Fjords na Noruega é como ouvir uma história fantástica sobre a magnificência da Natureza. À medida que espreitamos pelas montanhas que envolvem as fjords temos uma noção do imenso poder das forças da natureza.

Ao parar, ouve-se o silêncio, os pássaros, o som das cascatas, o som das fjords. Paira no ar uma calma sobrenatural. Diria, sem hesitações, que é um dos cenários mais pitorescos do mundo. 

Mais Artigos
Barack Obama e Drake
Obama diz que Drake tem “selo de aprovação” para interpretá-lo numa possível biografia