The-Birth-of-a-Nation-5591_5

“O Nascimento de uma Nação” no Teatro São Carlos a 15 de março

A polémica obra-prima e primeiro épico do cinema mudo, O Nascimento de uma Nação, acompanhado pela Orquestra Sinfónica Portuguesa, será exibido no Teatro Nacional de São Carlos, no dia 15 de março, na celebração do seu centenário.

The Birth of a Nation, ou O Nascimento de uma Nação, do realizador americano D. W. Griffith, estreou a 8 de fevereiro de 1915, e levou ao cinema uma quantidade de público impensável para a época, tornando-se assim no filme mais lucrativo de sempre durante mais de uma década. A longa-metragem, de carácter marcadamente racista, colocou o dedo na ferida que a Guerra Civil e o seu processo de resolução tinham deixado na união federal, nas palavras de Andrew Sarris, notável crítico americano, “Clássico ou não, O Nascimento de uma Nação é há muito uma das vergonhas do cinema académico. Não pode ser ignorado… Mas é contudo olhado como ultrajantemente racista, mesmo numa altura em que ‘racismo’ não era uma palavra corrente”.

O Nascimento de uma Nação 1

Mas é inegável que, pelo caminho, o filme revolucionou de forma decisiva o cinema, como obra pioneira em termos técnicos e argumentativos e também no que toca à produção musical e uso da música criada para o acompanhar. James Agee, outro dos mais importantes críticos de cinema americanos, dirigiu a Griffith as seguintes palavras, “Ele logrou o que nenhum outro homem conhecido conseguiu lograr. Olhar a sua obra é ser testemunho do início da melodia, (…) da emergência, coordenação e eloquência primordial da linguagem; o nascimento de uma arte: e perceber que tudo isto é obra de um homem só”.

Acompanhado pela Orquestra Sinfónica Portuguesa, dirigida pela maestrina Gillian Anderson, o filme será exibido no Teatro Nacional de São Carlos, dia 15 de março às 16h00, evento que conta com a colaboração da Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema.

Os bilhetes estão já à venda de segunda a sexta-feira das 10h às 19h; sábado e domingo, das 10h00-13h00; 14h30-17h00, nas lojas FNAC, WORTEN, ABREU, EL CORTE INGLÉS, C. C. DOLCE VITA, e online em www.ticketline.pt, com preços entre os 10 e os 15 euros.

Mais Artigos
‘Ghostbusters: Afterlife’ adiado para junho de 2021