Taxi - 65th Berlin Film Festival

“Taxi” do iraniano Jafar Panahi vence Urso de Ouro em Berlim

O prémio mais cobiçado do festival foi entregue a Taxi, uma longa metragem filmada em segredo dentro de um destes veículos na cidade de Teerão. O seu realizador, Jafar Panahi, estava proibido de filmar no país.

No filme, é o próprio realizador que conduz o táxi. Ao transportar diferentes pessoas, Panahi mantém conversas que acabam por espelhar a realidade da sociedade iraniana. Apesar de todas as limitações, esta obra conseguiu convencer e deslumbrar o júri – presidido pelo cineasta americano Darren Aronofsky (Cisne Negro) -, que a considerou “uma carta de amor ao cinema”.

Taxi é já o terceiro filme de Panahi a ser filmado em segredo, depois de ter sido preso em 2010 e proibido de trabalhar (ou viajar) durante 20 anos por alegadamente fazer “filmes críticos do regime”. Desta forma, foi a sua sobrinha, que também aparece no filme, a subir ao palco para receber o galardão que premiou o cineasta iraniano.

hana saeidi

45 Years do inglês Andrew Haigh foi premiado por ambas as performances dos seus atores principais, Tom Courtenay e Charlotte Rampling. O romeno Radu Jude (Aferim) e a polaca Malgorzata Szumowska (Body) dividiram o Urso de Prata de melhor realização, e o chileno Patricio Guzmán recebeu o de melhor argumento com o documentário El Botón de Nácar.

Apresentamos-te a lista completa dos vencedores da 65º edição da Berlinale:

Urso de Ouro – Melhor Filme: Taxi, de Jafar Panahi

Urso de Prata – Grande Prémio do Júri: El Club, de Pablo Larraín

Urso de Prata – Prémio Alfred Bauer: Ixcanul, de Jayro Bustamante

Urso de Prata – Melhor Realizador: Radu Jude por Aferim! e Malgorzata Szumowska por Body (prémio atribuído Ex-aequo)

Urso de Prata – Melhor Atriz: Charlotte Rampling, em 45 Years

Urso de Prata – Melhor Ator: Tom Courtenay, em 45 Years

Urso de Prata – Melhor Argumento: Patricio Guzmán por El Bóton de Nacár

Urso de Prata – Melhor Contribuição Artística: Sturla Brandth Grøvlen (fotografia) por Victoria & Evgeniy Privin e Sergey Mikhalchuk (fotografia) por Under Electric Clouds

Urso de Ouro – Melhor Curta: Hosanna, de Na Young-kil

Urso de Prata – Prémio do Júri para Melhor Curta-metragem: Bad at Dancing, de Joanna Arnow

Prémio Audi para Melhor Curta: Planet Σ, de Momoko Seto

Prémio European Film Awards 2015: Dissonance, de Till Nowak

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Big Brother: A Revolução
‘Big Brother’ perde 400 mil espectadores e é derrotado por ‘O Noivo É Que Sabe’