A ideia é do criador do Facebook, Mark Zuckerberg, e tem como objetivo facilitar a vida dos funcionários da empresa. Está avaliada em cerca de 400 milhões de dólares e vai assentar em Silicon Valley, onde já mora a sede da rede social.

À área de alojamento da Facebookville – que conta com um hotel e casas exclusivas, para além dos simples apartamentos – soma-se, entre outros espaços, um complexo desportivo e um centro veterinário. No que toca às refeições, o acesso é gratuito e ilimitado. Tudo para isolar quem lá trabalha do mundo real.

16145-23

 

16145-21

 

A caça de novos talentos está na mira de Mark Zuckerberg, que quer que esta vila represente um trabalho mais feroz no que diz respeito ao recrutamento e à retenção de quem mostre os seus dotes no mundo internauta, com o atrativo de vários prémios e regalias.

O complexo, com um investimento de cerca de 353 milhões de euros, também já foi apelidado de Zuckland.