Terminou ontem a segunda edição d’ O Chocolate em Lisboa, no Campo Pequeno. Associada a esta iniciativa esteve Odete Estevão, nutricionista que partilhou com o Observador algumas curiosidades acerca do alimento.

Para além de nutricionista, Odete é chocolatier. Apaixonada por chocolate, revelou ao público dez peculiaridades desta iguaria tão apreciada por todo o mundo.

1. A melhor hora para se comer chocolate é às 11h e às 17h. Porquê? Nestes horários, o paladar está “limpo” e é possível saborear melhor o alimento.Clock11

2. 50 gramas é o máximo recomendado de chocolate por dia. Este valor só se aplica àqueles que contenham, no mínimo, 70% de cacau.

3. O chocolate “bom” não engorda. O aconselhável é comer chocolate com 60-75% de cacau. Outros tipos de chocolate contêm gorduras que, ao contrário da manteiga de cacau, são pouco saudáveis.engorda

4. A semente do cacau, de onde provém o chocolate, tem diferentes minerais, incluindo potássio. Este mineral equilibra o sal que consumimos em exagero.

5. A mesma semente é composta por inúmeros polifenóis. E o que são polifenóis? Nada mais, nada menos que antioxidantes, substâncias que retardam o envelhecimento.

Cocoa (cacao) beans on a beanpod with focus on foreground.

6. O chocolate é um excitante que provoca felicidade. O cacau está cheio de teobromina, uma substância que estimula as hormonas do prazer.

7. O chocolate negro contém flúor, ótimo para os dentes.

dentes

8. Por outro lado, o chocolate branco, por não conter a parte que dá a cor negra e por apenas contar com 3 a 5% de manteiga de cacau, é desaconselhado por Odete.

9. Há três principais tipos de cacau: Crioulo, Forasteiro e Trindário. Assim, o chocolate varia consoante as terras e países produtores da faixa equatorial.

Sierra Exif JPEG

10. Os aromas da semente de cacau também variam consoante o seu país de origem.