O Darryl F. Zanuck Award para melhor filme foi para Birdman, uma surpresa que catapulta o filme de Iñárritu para lugar de destaque na corrida para o Oscar.

Boyhood era o grande favorito para a maior honra dos Producers Guild of America Awards, mas o destino de um dos mais fieis preditores da tão desejada estatueta dourada não estava destinado a consagrar a caminhada da aclamada longa-metragem de Linklater.

Em 25 edições os produtores premiaram por 18 vezes o mesmo filme que a Academia, e numa award season em que o balanço é determinante e frequentemente dado pelo acumular de prémios, Birdman dá um importante passo e é-lhe agora permitido sonhar com a mais desejada estatueta dourada.

Birdman

Poucos esperariam que a comédia obscura de Iñárritu sobre a luta contra a insignificância de um actor em decadência, perseguido pelos seus fantasmas, assumisse um papel central na corrida para os Oscars, mas os produtores deram o primeiro passo e um realizador visivelmente surpreendido agradeceu-lhes a honra e a oportunidade.

No documentário, Life Itself de Steve James, sobre o celebrado crítico Roger Ebert, foi o vencedor. The Lego Movie venceu na categoria de animação. Breaking Bad e Orange is the New Black venceram as categorias de série de TV, respetivamente de Drama e Comédia.