Com o título Desamparo, o novo livro da escritora Inês Pedrosa é colocado nas livrarias portuguesas a 16 de fevereiro. O anúncio foi feito ontem, de forma oficial, nas redes sociais da autora. É contada história de uma mulher, levada para o Brasil com três anos de idade bem como o seu regresso a Portugal cinquenta anos depois.

O regresso da protagonista a Portugal é o ponto de partida para Desamparo, com uma escrita “inteligente, límpida e plena de humor”, de acordo com o comunicado oficial. Cruzam-se personagens e histórias de vários continentes numa aldeia com “emigrações e imigrações de ontem e de hoje, seres solitários e escorraçados que procuram novas formas de vida, enquanto tentam sobreviver à maior depressão económica da última década”.

Desamparo

O novo romance editado pela D. Quixote é lançado durante o Festival Literário Correntes d’Escrita, na Póvoa de Varzim, nos dias 26 a 27 de fevereiro. Está à vendas em todas as livrarias portuguesas no dia 16 de fevereiro e ainda não tem data de lançamento para o Brasil.

Inês Pedrosa foi diretora da Casa Fernando Pessoa entre 2008 e 2014. Licenciou-se em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa e trabalhou em imprensa, rádio e televisão. Manteve durante alguns anos uma crónica no jornal Expresso e foi galardoada, em 2007, com o Prémio Paridade da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género.

Lançou 18 romances até à data. Destacam-se Nas Tuas Mãos, distinguido com o Prémio Máxima de Literatura, Fazes-me Falta, A Eternidade e o Desejo, finalista do Prémio Portugal Telecom 2009 e do Prémio Correntes d’Escrita 2010, Os Íntimos, galardoado com o Prémio Máximo de Literatura, e Dentro de Ti Ver o Mar.