amersni

Bebé falso mancha reputação de Sniper Americano

Apesar de à primeira visualização do mais recente trabalho de Clint Eastwood parecer tratar-se de um recém nascido verdadeiro, um olhar mais atento permite verificar que, afinal, é um bebé em plástico e desprovido de expressividade.

Há um novo tema nas conversas sobre o filme que conta a história de Chris Kyle, o atirador mais bem sucedido dos fuzileiros norte americanos. Para além das habituais trocas de ideias sobre os motivos que levam Sniper Americano a fazer parte do rol de películas candidatas ao Óscar de Melhor Filme pela Academia de Hollywood, há agora também um bebé falso a entrar na equação.

O adereço surge num dos momentos mais importantes do filme realizado por Clint Eastwood. Numa conversa entre Chris (Bradley Cooper) e Taya (Sienna Miller), o filho de ambos passa do colo da mãe para o colo do pai. Contudo, e apesar dos sons bastantes realistas da criança, a verdade é que a  mesma é mesmo um boneco e não um humano de carne e osso.

American_Sniper_fake_baby.jpg.CROP.promovar-mediumlarge

A controvérsia surgiu depois de vários vídeos com a cena aparecerem na internet, alertando os internautas para o “goof”. Os comentários não tardaram a surgir. E não são nada abonatórios para a produção de Sniper Americano. Para além dos milhares de relatos na rede social Twitter, os críticos de cinema de algumas das publicações mais conhecidas não deixaram passar em claro o episódio.

Ainda assim, e segundo a própria equipa do filme, na origem deste episódio terá estado um conjunto de azares. Segundo Jason Hall, argumentista de Sniper Americano, o bebé verdadeiro compareceu doente às gravações, enquanto que o bebé verdadeiro de recurso nem sequer apareceu. As explicações foram dadas pelo próprio na sua página no Twitter e desenvolvidas no New York Times.

Mais Artigos
Tom Hanks e Rita Wilson
Tom Hanks e Rita Wilson já voltaram aos EUA