Foi editado hoje o quinto registo de originais de Panda Bear, o americano que há dez anos vive em Lisboa, é do Benfica e dedica uma música ao Príncipe Real.

Noah Lennox aka Panda Bear é casado com uma portuguesa, tem dois filhos e vive em Lisboa há dez anos. Para trás vai ficando a sua história com os Animal Collective, desde que veio fazendo uma carreira paralela em nome próprio que, com Tomboy (2011) definitivamente se solidificou.

Panda Bear Meets The Grim Reaper reflete o estado de maturação que o cliché sempre determina: a malta casa-se, tem filhos, a meia idade aproxima-se e com tudo isto vem uma reflexão mais aturada do sentido da vida, das experiências passadas, das angústias do futuro incerto.

Panda Bear Meets the Grim Reaper

Se os temas abordados podem ser um pouco mais profundos este é, ainda assim, um disco onde a fórmula de Panda Bear volta a ser a mesma: uso e abuso das ferramentas digitais, corte e recorte de vozes, dobragem e multiplicação dos ritmos. Com isso, faz-se uma viagem psicadélica em delírio pop que faz mal aos diabetes, como é o caso dos temas Mr. Noah e Crosswords.

No centro do disco, surge a intimidade de harpas e pianos nas deslumbrantes Tropic of Cancer e Lonely Wanderer, que refletem o lado mais sombrio do filho-pai.

http://youtu.be/prBaZzYmQrI

Para ouvir: bem alto e com phones para apanhar todos os pormenores.

Nota final: 8/10

*Este artigo foi escrito, por opção da autora, segundo as normas do Acordo Ortográfico de 1945