baloes

Um balão de comer e chorar por mais

Sim, é, de facto, um balão comestível. Esta sobremesa invulgar foi criada por um ilustre chef e poderá ser encontrada num restaurante na cidade de Chicago.

Grant Achatz vê a cozinha com outros olhos. Este chef é conhecido pelas suas criações culinárias inovadoras, das quais faz parte o balão de que falamos.

Maçã verde, açúcar e hélio são os ingredientes básicos da sobremesa. Até o fio do balão é comestível – nada se desperdiça. Mas afinal, como comê-lo? Em primeiro lugar, o consumidor deve colocar a boca próxima do balão numa posição similar à de um beijo. Depois ingere-se o hélio e assim se come este balão, incluindo o fio.

Para os mais céticos (ou apenas intrigados com esta sobremesa invulgar), foi realizado um vídeo explicativo do modo como se come esta iguaria. A cena final pode mesmo provocar algumas gargalhadas.

A desvantagem? Para degustar esta sobremesa, os interessados terão de rumar a Chicago, até ao restaurante Alinea, fundado em 2005 por Achatz e por um outro chef, Nick Kokonas. Até ao momento, este espaço já conquistou 3 estrelas Michelin.

Segundo o site oficial do estabelecimento “Alinea não é um restaurante… pelo menos, não no sentido convencional” (tradução livre) e este balão é, sem dúvida, uma prova disso.

Para mais informações, podes visitar o site oficial do restaurante.

Mais Artigos
Missão 100% Português RTP1 Guia TV
Guia TV: Estreias na RTP1 e na SIC Caras marcam o fim de semana