Esta quinta-feira, chegam às salas de cinema portuguesas seis novos filmes, entre eles o último capítulo de O Hobbit de Peter Jackson, o qual o Espalha-Factos destaca como a Estreia da Semana.

Entres as restantes exibições, encontram-se um dos possíveis nomeados ao Oscar de Melhor Filme de Animação de 2015; o último filme do falecido Robin Williams; um drama nomeado para a Palma de Ouro em Cannes; um documentário sobre a guerra civil na Síria; e uma curta-metragem portuguesa que tem tudo a ver com o Natal. Se estás a considerar ir ao cinema nos próximos dias, conhece aqui as estreias da semana:

O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos

A segunda parte da saga O Hobbit estreou há sensivelmente um ano. Após uma longa espera, a conclusão das aventuras de Bilbo Baggins e companhia chega finalmente ao grande ecrã, para deleite dos fãs. O terceiro capítulo de O Hobbit, baseado no livro de J. R. R. Tolkien, volta a contar com Ian McKellen, Martin Freeman, Orlando Bloom, Christopher Lee e Cate Blanchett no elenco, e com Peter Jackson por detrás das câmaras, possivelmente no seu último trabalho relacionado com a Terra Média e o universo de O Senhor dos Anéis.

The-Hobbit-Battle-of-five-armies-3

Em A Batalha dos Cinco Exércitos, Gandalf, Bilbo Baggins e os treze anões procuram o tesouro de Dale, que se encontra na posse do temível dragão Smaug. Baggins, que no primeiro filme ansiava por uma grande aventura, enfrenta agora sérias adversidades – a batalha dos Cinco Exércitos, o encontro com Gollum, entre outras – que o fazem considerar se abandonar o conforto e sossego do Shire foi uma boa ideia.

Big Hero 6 – Os Novos Heróis

Big Hero 6 – Novos Heróis é o resultado da colaboração entre os estúdios da Walt Disney Animation e a Marvel Comics. O filme conta a história de um grupo de jovens super-heróis, cuja primeira aparição na banda desenhada aconteceu em 1998, e a sua luta contra a violência nas ruas de San Fransokyo (junção entre São Francisco e Tokyo). O grupo é constituido pelo robot insuflável Baymax, por Tadashi, o adolescente sobredotado, criador de Baymax, e pelos seus quatro amigos, Fred, Go Go Tomago, Honey Lemon e Wasabi.

4204335-bighero6team
Realizado por Don Hall e Chris Williams, a 54.ª criação da Disney está nomeada para o Globo de Ouro de Melhor Filme de Animação, e adivinha-se a nomeação para o Oscar na mesma categoria. O filme estreou nos EUA a 7 de novembro e conseguiu bons resultados tanto nas bilheteiras, como junto dos críticos.

À Noite no Museu: O Segredo do Faraó

O museu encantado que durante a noite ganha vida, está em perigo: a magia que dá vida às estátuas após o sol se pôr está a desaparecer. Larry, o guarda-noturno responsável pela vigilância do museu, não quer perder os seus amigos – o Presidente Roosevelt, Átila, Octavius Augustus, entre outros – e decide ir até Londres, na esperança de encontrar um restaurador de arte que o possa ajudar.
museum
O Segredo do Faraó é o terceiro filme de À Noite no Museu, uma (por enquanto) trilogia realizada por Shawn Levy e protagonizada por Ben Stiller. Fazem também parte do elenco Ben Kingsley, Owen Wilson, Dick Van Dyke e Mickey Rooney, que já haviam participado nos filmes anteriores. Apesar de ser uma comédia, ver À Noite no Museu: O Segredo do Faraó será uma experiência agridoce: trata-se do último filme de Robin Williams, falecido a 11 de Agosto deste ano.

Mamã

Steve é um adolescente hiperativo e violento que, após passar uma temporada internado numa instituição, regressa a casa para junto de Diane, a sua mãe. Kyla, que batalha contra um esgotamento nervoso, é a sua nova vizinha, acabada de chegar ao bairro onde vivem. Quando se conhecem, os três desenvolvem uma relação de interajuda e balanço emocional, o que trará a Diane uma nova esperança para cuidar do seu filho.
mommy
Mommy, de Xavier Dolan, estreou no Festival de Cannes em Maio e venceu o Prémio do Júri. O filme, rodado no Quebec, Canadá, conta com Anne Dorval, Antoine Olivier-Pilon e Suzanne Clément nos principais papéis.

Água Prateada – Um Auto-Retrato da Síria

Quando uma jovem professora pergunta a Ossama Mohammed, exilado em Paris desde 2011, “se a sua câmara estivesse aqui, em Homs, o que filmaria?“, o cineasta sírio, guiado pelo amor ao seu país, decide criar Água Prateada, um documentário que junta imagens e vídeos captados por várias pessoas durante a recente guerra cívil síria. A dor, o medo e a violência são aqui apresentados da forma mais real e dura possível.

silvered water

De acordo com os produtores, as imagens e vídeos que o documentário apresenta foram conseguidas por “1001 sírios” que usaram os seus telemóveis para gravar as atrocidades que se passam no seu país. A estreia de Água Prateada aconteceu em Cannes na secção Special Screenings, no passado mês de maio.

Papel de Natal

O único título português as estrear esta semana é Papel de Natal, uma curta-metragem de José Miguel Ribeiro com Ivo Canelas, Vítor Andrade e Crista Alfaiate. O filme narra a aventura de Camila, uma rapariga bem-disposta e com uma imaginação muito fértil, e o seu amigo Dodu, um boneco feito por Camila a partir de cartão, que a vai ajudar a procurar o seu pai, desaparecido sem deixar rasto, num universo alternativo em que tudo é feito de papel.

papel de natal
 Papel de Natal faz mais do que contar uma história para crianças: procura alertar o público para o gasto desnecessário de papel que, por altura do Natal, aumenta significativamente, devido ao embrulho de presentes (não é por concidência que o vilão da história se chama Monstro Desperdício). Trata-se, portanto, de um filme de animação com uma forte mensagem.