Aqui há Blog é a mais recente rubrica do Espalha-Factos na categoria de moda, que tem por objetivo dar a conhecer a todos os fashionistas e não fashionistas do que melhor se faz em Portugal e no mundo, no respeitante a blogues de moda. Porquê blogues? Simples! A moda, por estar cada vez mais próxima de nós, tem-se expandido para a Internet através deste formato online. Assim, pretendemos quinzenalmente apresentar exemplos de blogues que se destacam neste domínio.

O primeiro blogue desta rubrica é 100% português e chama-se O Alfaiate Lisboeta. A mente por detrás deste projeto pertence a José Cabral, que criou o blogue em 2009. Se já conhecem o blogue, sabem que é composto por retratos, inicialmente feitos pelas ruas de Lisboa e, numa fase mais desenvolvida, noutros países. É possível acompanhar as publicações de O Alfaiate Português na Vogue Online.

logo oal

José Cabral viu o seu trabalho ser reconhecido e valorizado quando, em 2011, foi distinguido com o Fashion TV Award para a Melhor Comunicação Digital. Mais tarde, criou e assinou a campanha Lisboa somos nós para a Câmara Municipal de Lisboa, em 2012. Esta foi a primeira vez que, a nível mundial, imagens de um blogue foram usadas enquanto rosto de uma campanha institucional. Em 2013 concebeu a campanha O meu futuro é Lisboa.

Desde 2009 e sem parar, o blogue de José Cabral tem sido aperfeiçoado e tem, consequentemente, evoluído muito. De pequenas descrições a comentários pormenorizados, O Alfaiate Lisboeta não para de surpreender. Para além do texto, as imagens foram injetadas com vida e ganharam qualidade. Atrevo-me a dizer que o blogue é uma concepção harmoniosa entre street style e pequenas narrativas descritivas, que valem a pena ler. Neste sentido José Cabral acrescenta, em entrevista à Entre Mulheres, que “a fotografia de street style é uma manifestação em tantas outras de uma coisa muito maior que diz respeito ao nível tremendamente avançado daquilo a que há já muito tempo vimos denominando de “Sociedade de Informação”. Todos nós deixámos de ser meros recetores de informação ou consumidores de conteúdos. O sujeito está hoje no meio de uma dialética onde pode, ele mesmo, dinamizar ideias, projetos, emitir informação e assinar conteúdos. A força do street style não está tanto em si mesmo, mas nesta nova dinâmica que é agora tão óbvia e visível. Em todo o caso a cultura visual é algo que funciona muito bem com a web e o street style e tudo aquilo que gira à sua volta acabou, por isso mesmo, por ganhar o seu lugar na História da Moda.”

Este blogue é feito de pessoas reais, que mereceram a atenção do bloguer. Tanto homens, como mulheres e crianças são, por uns minutos, modelos do seu próprio estilo. O fantástico deste blogue está na aleatoriedade das publicações e na diversidade de modelos. É um blogue feito de pessoas para pessoas. Pode até dizer-se que é um pequeno mundo representativo de um outro muito maior que é a moda do street style.

Este grande sucesso lusitano culminou recentemente na J. Lisbon, uma loja de roupa masculina online que, seguindo a mesma linha do blogue, usa modelos reais fotografados na rua.

Se ficaste curioso, podes ver pelos teus próprios olhos aqui.