CDs tradicionais, online e, claro, vinil. O sucesso não foge aos Pink Floyd e agora a icónica banda inglesa vê o seu mais recente trabalho, The Endless River, bater recordes de venda no formato vinil no século XXI.

Lançado a 10 de novembro de 2014, The Endless River — o décimo quinto álbum de estúdio dos britânicos — vendeu 6 mil cópias em formato vinil na primeira semana em que esteve disponível para compra, superando números estabelecidos desde 1997.

Se o trabalho dos Pink Floyd, que conta com quadro ‘lados’ e 18 faixas (27 na edição deluxe), vendeu como nenhum nos primeiros sete dias, é AM, dos Arctic Monkeys, que lidera no total de vendas em 2014, como divulga a BPI, encarregue pela gestão das editoras no Reino Unido.

Da década, do século e, até, do milénio: o sucesso dos Pink Floyd no formato vintage é único na atualidade e reflexo do renascer que o vinil tem tido nos últimos cinco anos, em que as vendas têm aumentado de forma significativa. Ainda assim, as vendas (780.674 em 2013) correspondem a apenas  2% no Reino Unido, com os CDs (64%) e as vendas digitais (35%) a liderarem de forma significativa.