De 27 de novembro a 6 de dezembro, o Teatro Turim coloca em cena PYM. A peça baseia-se no romance de Edgar Allan Poe, A Narrativa de Arthur Gordon Pym, e conta com texto e encenação de A. Branco e interpretação de Francisco Gomes.

No ano em que se assinalam os 205 anos do nascimentos e os 165 anos da morte de Edgar Allan Poe, o Teatro Turim homenageia o grande escritor americano, com a encenação de uma peça baseada naquele que foi o seu único romance: A Narrativa de Arthur Gordon Pym. Conhecido pelo predomínio das temáticas do mistério e do macabro na sua escrita, este romance e, também, a sua adaptação a cena, pelas mãos de A. Branco, não fogem à exceção. PYM segue a viagem de «um jovem a bordo de um barco (…) que tinha por objetivo uma normal viagem de caça à baleia, mas que ao longo do seu percurso se transforma num excitante episódio de horror do qual pode não haver retorno…».

Francisco Gomes é o ator responsável por dar vida ao espetáculo, que é acompanhado por música ao vivo de Guilherme Rodrigues. Em cena até 6 de dezembro no Teatro Turim, em Benfica, a produção da White Noise TEATRO pode ser vista de quarta a sábado, pelas 21h30, e ao domingo pelas 17h. Os preços dos bilhetes são de 8€ (para o público em geral) e de 5€ (para estudantes e profissionais do espetáculo), exceto à quarta e quinta, onde o preço único é de 5€ para o público em geral.