Após vários impasses e problemas provocados por muitas desistências por parte do realizador e de alguns elementos do elenco, o novo filme sobre Steve Jobs vai mesmo ser realizado, agora pela mão de uma nova produtora e com um novo ator a encarnar o fundador da Apple, Michael Fassbender.

O projeto começou a ser desenvolvido a partir do argumento de Aaron Sorkin, com David Fincher a juntar-se logo a seguir à produção. No entanto, o realizador acabou por afastar-se de Jobs, e Danny Boyle, o homem por detrás do aclamado Quem Quer Ser Milionário, foi o escolhido para o substituir atrás das câmaras.

O papel de Steve Jobs foi oferecido a Leonardo DiCaprio e, mais tarde, a Christian Bale. Quando ambos os atores recusaram o papel, o filme voltou à estaca zero. Todos estes impasses levaram a que a Sony, produtora responsável pelo biopic, decidisse desistir também do projeto, deixando o argumento de Sorkin novamente em stand-by.

A Universal, sabe-se agora, comprou o projeto por uma quantia que deve rondar os 30 milhões de dólares (cerca de 24 milhões de euros) e vai agora ser responsável pelo filme. Danny Boyle continua a ser o realizador e Michael Fassbender foi o escolhido para interpretar Steve Jobs. Também os nomes de Natalie Portman e Seth Rogan foram recentemente associados à longa-metragem, mas ainda não há uma confirmação oficial.

Jobs está agora no bom caminho, com uma nova produtora responsável e um novo protagonista. Nas próximas semanas deverão surgir novas informações acerca do filme.