Toda e qualquer ação que abrace lutas como aquela que é travada hoje em dia contra o vírus da SIDA é sempre bem-vinda, especialmente quando recebe o apoio das grandes empresas a nível mundial. Depois de, na semana passada, Avicii e Wyclef Jean terem publicado o resultado de uma parceria em prol da (RED), a Apple já fez saber que irá disponibilizar meios de angariação de fundos em 25 das duas aplicações mais usadas ao longo duas semanas.

A decisão por parte da Apple em ceder parte do seu lucro à (RED) – uma ação criada em 2006 para angariar fundos de luta contra o HIV – não é nova, mas ganhou ontem uma nova projeção com um novo anúncio por parte da manhã, onde revelava que Angry Birds, CSR Racing, Cut the Rope 2, Despicable Me: Minion Rush, FIFA 15 e Heads Up se encontravam numa lista de 25 aplicações que vão ficar mais encarnadas até ao dia 7 de dezembro.

d7d4f6c1-35c0-457d-9e35-700ea58b367d-620x372

O objetivo é criar ‘in app purchases‘ – compras na aplicação, inicialmente gratuita – para que o consumidor doe de forma indireta para a (RED), já que todo o dinheiro angariado será destinado à campanha. Em Angry Birds, por exemplo, será possível obter novos poderes Mighty Feather, bem como níveis extra, e já em Clash of Clans o jogador poderá adquirir uma edição especial de gems. A GarageBand, da própria Apple, também se encontra na lista com uma nova coleção de loops de áudio.

“Durante oito anos, os nosso clientes têm ajudado na luta contra a SIDA em África ao doar para tratamentos vitais nos quais temos um impacto profundamente positivo”, disse Tim Cook, acrescentando: “este ano lançamos a nossa maior campanha de angariação de fundos com a integração das lojas da Apple, e algumas das mentes mais brilhantes na App Store estão a ‘emprestar’ os seus talentos também”.

A campanha (RED) já angariou um total de 250 milhões de dólares para combater o vírus da SIDA – 70 milhões só da parte da Apple, que dá uma percentagem dos seus ganhos em produtos de cor vermelha. Contudo, esse leque irá abranger todo e qualquer equipamento da empresa mais valiosa do planeta no próximo dia 1 de dezembro, o Dia Mundial da Luta Contra a SIDA.