O encenador português John Romão apresenta no Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa, a peça Teorema no próximo dia 27 de novembro, depois de uma passagem pelo Porto. Inspirado na obra homónima de Paolo Pasolini, o espetáculo explora a queda do significado do sagrado na contemporaneidade com a exaltação do popular ou quotidiano através de figuras do povo. Para esta peça, o encenador convida 12 skaters a partilhar o palco consigo.

John Romão criou um ciclo em forma de homenagem a Pier Paolo Pasolini, considerado “um dos mais fecundos intelectuais do séc. XX”, com três abordagens.

Uma das visões do encenador português resulta da revisitação e reapropriação da linha narrativa do texto e do filme Teorema (1968), levando o dramaturgo Benedict Andrews a escrever a peça Cada Sopro, dirigida por Paulo Castro e John Romão em Lisboa. A peça acabou por ser nomeada como Melhor Peça do Ano 2013 pela Time Out Lisboa e pelo jornal Expresso.

A criação original Teorema, a estrear no Teatro Municipal São Luiz na próxima semana, é a segunda abordagem ao universo de Pasolini, terminando na encenação de Pocilga, que estará em digressão por Portugal no próximo ano com um elenco constituído por Albano Jerónimo, Ana Bustorff, João Lagarto, entre outros.

_MG_8612©F.Ribeiro

Pasolini interpreta o seu interesse ideológico pelo sagrado como um desgosto pela racionalidade burguesa, numa sociedade moderna em que substitui o sentido do sagrado por uma ideologia do bem-estar e do poder. Apesar do verbo sacralizar ter o significado de venerar, magnificar ou idolatar, no universo do criador italiano existe uma procura de “autenticidade directa”. Na criação de John Romão, essa autenticidade está presente nos 12 skaters em cima de palco.

Para além das caraterísticas próximas ao universo católico – a dor das quedas, o sangue, tábua de madeira -, os skaters são figuras quotidianas e banais da atualidade. O público confronta-se, em cena, com corpos jovens “que já adoptaram os valores do poder capitalista” mas que remetem para uma nova iconografia contemporânea: a presença da violência no corpo contemporâneo. Trata-se de um espetáculo criado pelo Colectivo 84.

Teorema está em cena durante os dias 27 e 28 de novembro no Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa. Os preços dos bilhetes vão desde os 4 a 15 euros. Podes consultar no website do São Luiz. A peça é apresentada a 28 de fevereiro de 2015 no Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães.