Ao que parece, a oferta de chocolate não está a acompanhar a procura e a iguaria poderá esgotar-se em breve. Quem o afirma são os dois maiores produtores de cacau do mundo.

A Mars e a Barry Callebaut revelaram que se tem verificado um défice na produção de cacau nos últimos anos. Isto deve-se a um conjunto de fatores recentes, nomeadamente o aumento da procura de chocolate negro, com grandes percentagens de cacau.

O crescente interesse do mercado Chinês no produto tem também favorecido a discrepância entre a oferta e a procura deste que é um dos alimentos prediletos da população mundial. Para além disto, o tempo seco na África Ocidental e um fungo que afetou as plantações, revelaram-se fatores determinantes para as más colheitas de cacau verificadas.

As consequências desta realidade começam já a notar-se no preço do cacau nos mercados internacionais – aumentou cerca de 24% desde janeiro do corrente ano.

Cocoa (cacao) beans on a beanpod with focus on foreground.

Como solução para este problema, tem-se apostado no desenvolvimento de uma árvore que produz sete vezes mais cacau do que as plantas atuais. Será esta a luz ao fundo do túnel para todos aqueles que não dispensam o seu quadradinho (quem sabe, tablete) de chocolate diário?

Artigo atualizado às 19h32 por Sara Sampaio – Novo parágrafo acrescentado