Grande foi a surpresa quando Adele recusou o convite de Bob Geldof para participar no projecto Band Aid 30 e editar Do They Know It’s Christmas com alguns dos mais conceituados músicos da atualidade. Agora, e como revela o Telegraph, os motivos poderão não ser descabidos…

O projecto Do They Know It’s Christmas 2014 tem como objectivo, recorde-se, angariar fundos na luta contra o ébola, repetindo assim esforços de 1984 e 2014, e contará este ano com a participação de Bono (U2), Chris Martin (Coldplay), Ed Sheeran e One Direction. No entanto, a presença de grandes nomes do mundo da música não convenceu a intérprete de Someone Like You. Pelo contrário…

Como avança o Telegraph nesta terça-feira, Geldof encontra-se avaliado enquanto um homem que vale 32 milhões de libras, ao mesmo tempo que adota comportamentos filantropos. Relembra ainda a publicação britânica que o ex-vocalista dos The Boomtown Rats admitiu em público não pagar impostos. Na verdade, e se podiam já ser suficientes, estas não são as únicas razões.

O Telegraph vai ainda mais longe e faz menções a duas das bandas com maior — ainda que muito diferente — impacto na atualidade: relembra a fuga aos impostos irlandeses de Bono (dos U2) enquanto pede ao seu governo para continuar a ajudar os países sub-desenvolvidos e, ainda, as viagens dos elementos dos One Direction em jatos separados para evitarem conflitos.

Entretanto, e enquanto Geldof afirma “não ser preciso gostar da canção, o que importa é que a comprem”, o single já está disponível. Para o Telegraph, podem ter sido estas algumas das razões que levaram à recusa de Adele