O livro O Meu Irmão, do escritor Afonso Reis Cabral, vencedor do Prémio Leya 2014 é lançado a 21 de novembro pela necessidade de existir uma resposta breve à curiosidade mostrada pelo público em conhecer a obra do jovem escritor, como pode ler-se no comunicado oficial.

O livro vencedor do Prémio Leya é, usualmente, publicado no primeiro trimestre do ano seguinte à sua atribuição mas, segundo o comunicado oficial da editora, a antecipação de O Meu Irmão deve-se “à necessidade que sentimos de dar uma resposta tão pronta quanto possível à grande curiosidade manifestada pelo público em conhecer a obra”.

A obra de Afonso Reis Cabral foi considerada pelo júri, de forma unânime, o melhor original apresentado a concurso e conta a história de um professor universitário de meia-idade, a passar férias com o irmão deficiente numa pequena casa de família situada numa aldeia do interior de Portugal. O isolamento força-o a relembrar a vida em comum com o irmão, devido a acontecimentos recentes que podem colocar em causa o atual relacionamento entre os dois.

O Meu Irmão

O Meu Irmão é vencedor do Prémio Leya 2014 pelo tema delicado que aborda. O irmão do narrador tem síndrome de Down e a realidade é colocada, pelas palavras do escritor, de uma forma objetiva e com a violência associada a esta situação mas a poesia e humor acabam por trazer conforto ao enredo apresentado.

Afonso Reis Cabral escreve desde os 9 anos e publicou, em 2005, o livro Condensação com poemas escritos entre os 10 e 15 anos. Em 2008, ficou em 8º lugar no 7th European Student Competition in Ancient Greek Language and Literature entre mais de 3.500 concorrentes de 551 escolas europeias e mexicanas. É licenciado em Estudos Portugueses e Lusófonos e mestre em Estudos Portugueses pela Universidade Nova de Lisboa.