Centro John F. Kennedy para as Artes Performativas, sediado em Washington, nos Estados Unidos da América, vai acolher uma mostra de criação contemporânea em que figura Portugal: o Festival Iberian Suite: Arts Remix Across Continents, agendado para os dias 3 a 24 de março de 2015.

O festival contará com a participação de vários artistas portugueses, lusófonos, espanhóis e da América Latina, das áreas das artes visuais, música, literatura, dança e teatro.

Do programa de teatro fazem parte as peças Ode Marítima, com Diogo Infante e João Gil, Contos em Viagem – Cabo Verde, pelo Teatro Meridional, Três dedos abaixo do joelho e By Heart, da companhia Mundo Perfeito e What I heard about the World, pela Mala Voadora, com a companhia inglesa Third Angel.

Na área da dança, Portugal estará representado pela Companhia Portuguesa de Bailado Contemporâneo, dirigida por Vasco Wellenkamp, que apresentará a peça Fado.

fado

‘Fado’

Na literatura, será feito um tributo ao Prémio Nobel da Literatura José Saramago e debatido o legado da cultura de Portugal e Espanha na literatura mundial, com os escritores Afonso Cruz, José Luís Peixoto, Gonçalo M. Tavares e Dulce Maria Cardoso.

Inserida na programação do festival, o artista Alexandre Farto, conhecido como Vhils, fará um retrato de Fernando Pessoa com páginas de livros do poeta, enquanto o designer Nuno Vasa apresentará uma instalação de um elétrico lisboeta em cortiça e Manuela Pimental um novo projeto visual a partir do azulejo português.

vhils

Vhils

Para além disso, estão previstos concertos de Rodrigo Leão, Sofia Ribeiro, Luísa Sobral, The Gift, António Zambujo, Carminho e Camané, atuando estes últimos dois com a anfitriã National Symphony Orchestra. Para ficares a conhecer a programação completa, clica aqui.