Pelo terceiro ano consecutivo, o Teatro Viriato, em Viseu, apresenta a mostra de dança contemporânea New Age, New Time, entre os dias 19 e 22 de novembro.

Para além dos coreógrafos nacionais convidados terem oportunidade de mostrar as suas mais recentes criações, há ainda espaço para o encontro e diálogo entre estes, os intérpretes e o público, numa mostra que pretende apoiar, divulgar e sensibilizar para a dança contemporânea.

No primeiro dia da mostra, António Cabrita e São Castro exploram a condição humana através de Shakespeare com Play False; no segundo dia, com coreografia de Maria RamosSomething Still Uncaptured sobe ao palco do Teatro Viriato numa “sucessão de acontecimentos construída como uma paisagem-em-ação”; dia 21, é com E Pur Si Muove que Francisco Camacho dá a conhecer o resultado de residências artísticas realizadas em três continentes; e, no última dia, encerrando a mostra, Landing, de Né Barros, explora os conceitos de desterritorialização, da não pertença e da ausência de pátria.

A juntar ao programa de espetáculos, a programação de New Age, New Time estende-se à Escola de Dança Lugar Presente, espaço de formação nesta disciplina artística, que acolherá aulas com os coreógrafos presentes na mostra, permitindo aos alunos e a todos os interessados pela área da dança aprofundar conhecimentos com os coreógrafos e bailarinos convidados.

Os bilhetes custam 5€ por espetáculo e 15€ pelo programa completo. Podes ver a programação em detalhe aqui.