Na noite em que a mulher de norte por excelência – Capicua – abriu o Palco Fórum Coimbra da Festa das Latas e Imposição das Insígnias 2014, o DJ Laidback Luke foi o protagonista, pouco tempo depois de saber que ficou literalmente a meio da tabela no top da DJ Mag: 50º lugar. Neste que foi o quarto dia de Latada’14, o tempo voltou a colaborar com os estudantes e ofereceu uma agradável noite a todos os que se deslocaram até ao Parque da Canção.

Coube a Capicua abrir a noite com o seu rap feminino bem português e bem nortenho. Com uma performance única, cheia de vibração e intensidade, Capicua conquistou os presentes, principalmente na hora da despedida, quando destilou crítica social com Vayorken, Sereia Louca e Pedras da Calçada, ao mesmo tempo que nos contava mais sobre a sua vida. “Eu prometi que ia puxar por vocês“, disse Capicua terminar. E a tarefa ficou cumprida. Laidback Luke não poderia ter pedido por um melhor warm-up que deixou os estudantes todos em êxtase a aguardar o set agressivo do 50º melhor DJ do mundo.

O início relâmpago de Laidback Luke começou bem ‘higher‘ e levou todos até às estrelas: Sky Full Of Stars começou a ronda de hits misturados com drops, até chegar o meio do set onde Laidback Luke explorou a EDM mais progressiva e menos mainstream. Eat, Sleep, Rave, Repeat foi o hino da noite, pelo menos para os caloiros que enfrentavam a primeira Latada, e chegou para levantar o hype já criado por Capicua. Seguiu-se Rather Be e o primeiro original de Laidback Luke: Steve Angello & Laidback Luke feat. Robin S com Show Me Love – “So baby if u want me | You’ve got to show me love | Words aren’t so easy to say oh | I You’ve got to show me love“, cantaram muitas das almas românticas presentes.

013

 

Laidback Luke pegou na Day N’ Nite de Kid Cudi Vs Crookers e resumiu a rotina dos estudantes na Latada: de dia a dormir, de noite a curtir. O set continuou com Kid Cudi que se juntou a David Guetta para recordar as memórias de Latadas anterior: Memories – “All the crazy s**t I did tonight | Those would be the best memories | I just wanna let it go for the night | That would be the best therapy for me“.

A batida inicial de We Will Rock You começa e, de repente, começou o recordar os hits que ainda ecoam nas nossas mentes: Wonderwall, dos Oasis, Ain’t A Party, de David Guetta, Locked Out Of Heaven, de Bruno Mars, e Watch Out For This, dos Major Lazer, a grande inspiração dos portugueses Buraka Som Sistema.

014

 

O amor continuou com o grande sucesso de John Newman, a nova esperança da música britânica, Love Me Again. Porém, estava na hora de levar a festa a outro nível e para isso entram Turbulance e Pursuit Of Hapiness, dois dos maiores hinos da música eletrónica internacional, que logo conquistaram os estudantes.

016

 

Loving every minute cause you make me feel so alive, alive | Loving every minute cause you make me feel so alive, alive | Alive, alive” – mais vivos do que nunca, os estudantes ainda cantarolaram o refrão do grande sucesso de Empire Of The Sun. Wild Ones, Take Me Higher, Antidote e One More Time fecharam a noite que foi, sem margem para dúvidas, de Laidback Luke que conseguiu atrair o público todo ao palco principal, qual mel para abelhas.

Mesmo, mesmo a terminar, foi Alice Deejay que deixou um aviso ao DJ da noite: Better Off Alone. Não podemos responder por Laidback Luke mas por nós ficamos bem melhor com o set dele.