Robert Downey Jr. está em negociações para interpretar Tony Stark na próxima aventura do Capitão América no grande ecrã. A terceira instalação sobre Steve Rogers irá focar-se essencialmente na Civil War, um arco importante da história da Marvel

O possível acordo descrito pela revista Variety foi complicado visto que “Downey pretendia que Stark tivesse um papel mais significativo no filme, que providenciaria mais tempo de gravações resultando num salário maior.” Estas declarações acabaram por indignar Ike Perlmutter – chefe da Marvel Entertainment – que “ordenou a remoção de todas as falas e aparições de Homem de Ferro do guião do filme.”

Este impasse foi resolvido por Kevin Feige que mostrou a Ike a importância de Downey e a possibilidade de transpor a Civil War, uma das histórias mais acarinhadas pelo público, para o cinema.

A revista avança ainda que Downey Jr. deve receber cerca de 40 milhões de dólares para esta nova participação.

Escrita por Mike Miller em 2006, a Civil War centra-se essencialmente na divisão do núcleo de super heróis da Marvel, após o surgimento de uma legislação que obriga todos os super heróis a revelarem a sua identidade.

Até ao momento, não há nenhuma notícia sobre um possível acordo entre Downey e a Marvel Studios para um quarto filme do Homem de Ferro.