Depois de ter atuado na Assembleia da República no passado dia 8, a Orquestra Clássica do Sul (OCS), sediada em Faro, volta a Lisboa para atuar no Teatro Tivoli BBVA, a 20 de outubro.

O concerto insere-se nas comemorações do 150.º aniversário das relações diplomáticas entre Portugal e México, promovidas pela embaixada mexicana.

Dirigida pelo maestro mexicano Eduardo Álvarez, a orquestra algarvia apresentará um reportório de compositores de Portugal e México, contando com a fadista Kátia Guerreiro como participação especial.

A OCS apresenta regularmente concertos na região algarvia e na região espanhola da Andaluzia, tendo nos últimos tempos conseguido agendar também para o resto do país.